segunda-feira, 29 de abril de 2013

I PRÉ JOÃO EM MOSSORÓ - RN



CAATINGA PODE SER EFICIENTE DO QUE FLORESTAS TROPICAIS NA ABSORÇÃO DE GÁS CARBÔNICO!




A vegetação da Caatinga pode ser proporcionalmente mais eficiente do que as florestas úmidas para absorver o gás carbônico presente na atmosfera, em um processo natural, conhecido como sequestro de carbono. É o que pesquisadores do Instituto Nacional do Semiárido, ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, querem provar. Para isso, iniciaram um estudo por meio do qual foram instaladas duas estações micrometeorológicas em Campina Grande, na Paraíba, para monitorar o dióxido de carbono absorvido pelas plantas da região.

Segundo o físico Bergson Bezerra, pesquisador do Insa, o grupo pretende, com os resultados, conscientizar os governos e, principalmente, a população que vive no Semiárido sobre a importância de se preservar a vegetação nativa como forma de mitigar os impactos das alterações no clima da região.

“Construiu-se um preconceito em relação à Caatinga, sustentado na ideia de que ela representa um ambiente hostil e inóspito. As pessoas sempre acreditaram que ela não servia para nada, que era melhor retirar toda a Caatinga e substituí-la por [vegetações] frutíferas, por exemplo”, disse. “Queremos provar cientificamente que isso não tem fundamentação”, completou.

O pesquisador defende que se o produtor rural recuperar essas áreas com espécies nativas estará contribuindo não apenas para a “preservação do patrimônio do Semiárido”, mas também para o combate às alterações climáticas, por meio da absorção eficiente do carbono na atmosfera.

“Estudos revelam que as florestas tropicais têm alta capacidade de sequestrar carbono [da atmosfera], mas elas também apresentam altos níveis de emissão, que ocorre, por exemplo, com a queda de folhas. Já a Caatinga, não sequestra tanto, mas emite quase nada e queremos investigar esse grau de eficiência, que acreditamos ser maior no caso da Caatinga”, disse.

Bergson Bezerra enfatizou que os três primeiros meses de observação, já trouxeram “resultados auspiciosos”. “Será um estudo de longo prazo, com conclusão prevista para 2015. Mas essa observação preliminar já nos permitiu constatar que mesmo no período seco, quando a planta fica totalmente sem folha e com estresse hídrico, ainda há sequestro de carbono, ou seja, ela ainda cumpre seu papel ambiental.”

Ele ressaltou que com a chegada da estação chuvosa, nos meses de maio e junho, os pesquisadores acreditam que a atividade fotossintética será acentuada, com sequestro de carbono ainda mais intenso.

Fonte: Agencia Brasil
Postado por VENHA -VER /RN 

FESTA DA PADROEIRA EM SANTA CRUZ - RN



CRÍTICA DE ARIANO SUASSUNA AO CHAMADO "FORRÓ ESTILIZADO" ATUAL!



''Tem rapariga aí? Se tem, levante a mão!''. A maioria, as moças, levantam a mão. Diante de uma plateia de milhares de pessoas, quase todas muito jovens, pelo menos um terço de adolescentes, o vocalista da banda que se diz de forró utiliza uma de suas palavras prediletas (dele só não, e todas bandas do gênero). As outras são ''gaia'', ''cabaré'',''putaria'' e bebida em geral, com ênfase na cachaça. Esta cena aconteceu no ano passado, numa das cidades de destaque do agreste Paraibano (mas se repete em qualquer uma onde estas bandas se apresentam). Nos anos 70, e provavelmente ainda nos anos 80, o vocalista teria dificuldades em deixar a cidade.

Pra uma matéria que escrevi no São João passado baixei algumas músicas bem representativas destas bandas. Não vou nem citar letras, mas me arrisco a dizer alguns títulos, vamos lá: Calcinha no chão (Caviar com Rapadura), Zé Priquito (Duquinha), Fiel à putaria (Felipão Forró Moral), Chefe do puteiro (Aviões do forró), Mulher roleira (Saia Rodada), Mulher roleira a resposta (Forró Real), Chico Rola (Bonde do Forró), Banho de língua (Solteirões do Forró), Vou dá-lhe de cano de ferro (Forró Chacal), Dinheiro na mão, calcinha no chão (Saia Rodada), Sou viciado em putaria (Ferro na Boneca), Abre as pernas e dê uma sentadinha (Gaviões do forró), Tapa na cara, puxão no cabelo (Swing do forró). Esta é uma pequeníssima lista do repertório das bandas. Porém o culpado desta ''desculhambação'' não é culpa exatamente das bandas, ou dos empresários que as financiam, já que na grande parte delas, cantores, músicos e bailarinos são meros empregados do cara que investe no grupo. 

O buraco é mais embaixo. E aí faço um paralelo com o turbo folk, um subgênero musical que surgiu na antiga Iugoslávia, quando o país estava esfacelando-se. Dilacerado por guerras étnicas, em pleno governo do tresloucado Slobodan Milosevic surgiu o turbo folk, mistura de pop, com música regional sérvia e oriental. As estrelas da turbo folk vestiam-se como se vestem as vocalistas das bandas de ''forró'', parafraseando Luiz Gonzaga, as blusas terminavam muito cedo, as saias e shortes começavam muito tarde. Numa entrevista ao jornal inglês The Guardian, o diretor do Centro de Estudos alternativos de Belgrado. Milan Nikolic, afirmou, em 2003, que o regime Milosevic incentivou uma música que destruiu o bom-gosto e relevou o primitivismo estético. Pior, o glamour, a facilidade estética, pegou em cheio uma juventude que perdeu a crença nos políticos, nos valores morais de uma sociedade dominada pela máfia, que, por sua vez, dominava o governo. Aqui o que se autodenomina ''forró estilizado'' continua de vento em popa. Tomou o lugar do forró autêntico nos principais arraiais juninos do Nordeste.

Sem falso moralismo, nem elitismo, um fenômeno lamentável, e merecedor de maior atenção. Quando um vocalista de uma banda de música popular, em plena praça pública, de uma grande cidade, com presença de autoridades competentes (e suas respectivas patroas) pergunta se tem ''rapariga na plateia'', alguma coisa está fora de ordem. Quando canta uma canção (canção?!!!) que tem como tema uma transa de uma moça com dois rapazes (ao mesmo tempo), e o refrão é ''É vou dá-lhe de cano de ferro/e toma cano de ferro!'', alguma coisa está muito doente. Sem esquecer que uma juventude cuja cabeça é feita por tal tipo de música é a que vai tomar as rédeas do poder daqui a alguns poucos anos.

Autor: Ariano Suassuna

Observação:

O secretário de cultura Ariano Suassuna foi bastante criticado, numa aula-espetáculo, no ano passado, por ter malhado uma música da Banda Calipso, que ele achava (e deve continuar achando, claro) de mau gosto. Vai daí que mostraram a ele algumas letras das bandas de \'forró\', e Ariano exclamou: \'Eita que é pior do que eu pensava\'.

Do que ele, e muito mais gente jamais imaginou. Realmente, alguma coisa está muito errada com esse nosso país, quando se levanta a mão pra se vangloriar que é rapariga, cachaceiro, que gosta de puteiro, ou quando uma mulher canta \'sou sua cachorrinha\', aonde vamos parar? Como podemos querer pessoas sérias, competentes e de bom gosto? E não pensem que uma coisa não tem a ver com a outra não, porque tem e muito!

E como as mulheres querem respeito como havia antigamente? Se hoje elas pedem \'ferro\', \'quero logo 3\', \'lapada na rachada\'? Os homens vão e atendem. Vamos passar essa mensagem adiante, as pessoas não podem continuar gritando e vibrando por serem putas e raparigueiros não. Reflitam bem sobre isso, eu sei que gosto é gosto... Mas, pensem direitinho se querem continuar gostando desse tipo de \'forró\' ou qualquer outro tipo de ruído, ou se querem ser alguém de respeito na vida!

Por Raquel Xavier Quirino
Fonte: RG Em Foco

TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO CONSOME R$ 8,2 BILHÕES E NÃO FORNECE ÁGUA!



Vários canais da obra estão praticamente abandonados. Alvo de muita polêmica, idealizada nos tempos do Império (o primeiro projeto data de 1847), a transposição do Rio São Francisco, em implantação desde 2007, lembra hoje uma quilométrica passarela de retalhos na qual faltam costura e pedaços de tecido.

Aguardada por quatro estados do Nordeste que amargam a maior seca dos últimos 40 anos, aquela que seria a redenção de 12 milhões de sertanejos não passa de um conjunto de canais desconectados, dutos enferrujados com ferros retorcidos e estação elevatória que parece um fantasma de concreto. Às margens da BR-316, no município de Floresta, a 439 quilômetros de Recife, duas colunas gigantescas servem de suporte para nada, informa reportagem do jornal O Globo deste domingo (28).

A obra ainda não conseguiu levar uma gota de água a lugar algum, o que vem despertando revolta da população e apreensão nos estados que seriam beneficiados. Com um custo inicialmente estimado em R$ 4,5 bilhões, a transposição agora está orçada em R$ 8,2 bilhões. A previsão de entrar em funcionamento em 2010 não pôde ser concretizada, e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, promete entregá-la em 2015. O empreendimento tem só 43% concluídos, o mesmo índice observado em 2012.


Fonte: O Globo por MAYKON OLIVEIRA

BALADA VIP NO HOTEL GARBOS RECEPÇÕES EM MOSSORÓ - RN



Martins - RN sedia reunião do Pólo Turístico Serrano e apresenta projeto do Teleférico!



A Prefeitura de Martins, em parceria com o Governo do Estado, mas precisamente a Secretaria do Estado do Turismo, realizou a 12ª reunião do Pólo Turístico Serrano. O evento aconteceu, nesta sexta feira, 26/04, no Auditório do Hotel Serrano, às 15 horas, e contou com a participação de vários membros que compõem o colegiado do Pólo.  Na abertura do evento, o grupo de Teatro de Martins fez uma apresentação voltada a importância de se manter viva a Cultura. 

Na oportunidade, foi apresentado por Arquitetos e Engenheiros da Secretaria de Estado de Insfraestrutura, todo o projeto do Teleférico de Martins, contendo informações técnicas, como também imagens e mídia do projeto, já finalizado. A Prefeita de Martins, Olga Fernandes, esteve presente no evento, sendo a anfitriã do mesmo. 

O Secretário de Turismo do Estado, Renato Fernandes presidiu o evento, trazendo informações acerca das ações que a SETUR vem realizando para aumentar ainda mais o fluxo de turistas no Estado e, mais especificamente, para a Região Oeste. Além do Secretário Renato Fernandes e Prefeita Olga, o Secretário de Turismo do Município, Uilame Paiva, esteve presente, como também Prefeitos, Vereadores, Secretários Municipais, Auxiliares, Colunistas Sociais, entre outros.

Assessoria de Comunicação Social

7ª Jornada Geográfica da UERN em Pau dos Ferros - RN



A 7ª Jornada Geográfica constitui o principal evento do Curso de Geografia da UERN-CAMEAM, e tem como tema em sua 7ª edição: “A Seca e a Região Oeste Potiguar-RN: a terra e o homem em questão”, cujo objetivo é um resgate das discussões sobre as relações entre a terra e homem no Nordeste brasileiro, seu estado atual e suas perspectivas futuras, incluindo as ações antrópicas no espaço rural e no urbano. 

Esta temática surge da necessidade de se pensar a região Nordeste do Brasil e particularmente o Rio Grande do Norte, marcado por uma situação de seca climatológica com rebatimentos sobre a condição humana das populações que vivem não apenas no campo, como na cidade. 

De outro lado emerge da vontade de se pensar a atualidade da obra do geógrafo Manoel Correia de Andrade, já Clássica “A terra e o homem no Nordeste: contribuição ao estudo da questão agraria no Nordeste”, publicada em 1963, portanto, 50 anos depois. A UERN, no Campus Avançado “Profª. Maria Elisa de Albuquerque Maia” – CAMEAM, localizado em Pau dos Ferros realiza a Jornada desde 2005, debatendo as problemáticas da região de abrangência do CAMEAM. 

As atividades do evento incluem duas conferencias, de abertura e encerramento, e uma mesa redonda, além de grupos de trabalho acerca de temáticas especificas da geografia bem como atividades culturais. 

Este evento contará com a participação da comunidade acadêmica de Geografia incluindo docentes, discentes de graduação e pós-graduação, professores da educação básica, alunos de Iniciação Científica Junior.
Organização
Pau dos Ferros, RN
2013

Informações
7jornadageografica@gmail.com
(84) 3351-2560
Curso de Geografia - BR 405, km 153, Arizona, Pau dos Ferros-RN
Campus Avançado Prof Maria Eliza de Albuquerque Maia - CAMEAM


Banda Bravura27 prepara lançamento do novo som acústico!


A Banda Bravura27 está preparando seu novo som acústico que promete conquistar todo o público da região. A animação acontece dia 18 de maio na Praça Pública da Cidade de Portalegre - RN, momento também onde acontecerá o lançamento do Livro: Um Canto conforme a Noite, do autor Yuri Hícaro.

Assistam o novo vídeo da Banda Bravura27:


domingo, 28 de abril de 2013

FESTA EM CARAÚBAS - RN



GRUPO REDE TUR - UERN DESENVOLVEU AÇÕES NA CIDADE DE CAIÇARA DO NORTE - RN



A Prefeitura Municipal de Caiçara do Norte - RN, através da Secretaria Municipal de Turismo, em parceria com o Curso de Turismo da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) realizou no período de 22 a 26 de abril de 2013 o Projeto REDE TUR: Ligando Saberes em prol do Turismo de Base Local.

Foram desenvolvidas várias ações que contribuiram para a qualificação profissional e melhoria da qualidade de vida da população de Caiçara do Norte.

Dentre as diversas atividades, tiveram os minicursos de: 

- Liderança e Trabalho em Equipe;
- Técnicas de Vendas e Negociação;
- Recepcionista de Eventos;
- Empreendedorismo;
- Como começar e Administrar um Pequeno Negócio;
- Condutor de Grupo de Turismo em Áreas Litorâneas;
- Inglês Instrumental Aplicado ao Turismo;

Além disso, realizaram-se palestras na área da saúde, com ênfase na qualidade de vida e hábitos saudáveis e na área do direito, inclusive contando com orientação jurídica. As atividades desenvolveram-se nos três turnos: manhã, tarde e noite. E todos os participantes receberam certificados.


CONFIRA AS FOTOS:

Caiçara do Norte - RN é opção para porto!



Conhecido pelo potencial em pesca artesanal, o município de Caiçara do Norte, distante 149 quilômetros  de Natal, surge como possível solução para exportação da  produção do setor de mineração. Uma falha geológica no mar, que aumenta a profundidade das águas de cerca de 7 metros - comum a quase totalidade do litoral do Estado - para cerca de 12 metros, faz da cidade praiana potencial atracadouro de embarcações de grande porte (graneleiros com capacidade de 50 mil a 100 mil toneladas). Os dados  fazem parte de um relatório da Capitania dos Portos repassados à Codern.

Caiçara do Norte: Uma falha geológica no mar da cidade favoreceria a atracação de embarcações com capacidade de até 100 mil t.


Mais do que ser favorecida pela geologia marítima, para o porto chegar a cidade praiana de 6,2 mil habitantes, incrustada no Litoral Norte do Estado, é preciso vencer alguns desafios. A consultora na área de logística, Karla Motta, destaca a necessidade de um projeto integrado na área de logística de transporte. Atualmente, o acesso a cidade é feito por duas rodovias estaduais, a RN- 120, que liga Caiçara a João Câmara, e a RN-129, estrada carroçável com acesso a Jandaíra.

O projeto integrado deverá contemplar  o tráfego pelo modal ferroviário e marítimo, além de atração de empresas prestadoras de serviços que permitam o funcionamento portuário e de estruturas de regulamentação de mercadorias, atividades aduaneiras, pontua Karla Motta. 

No caso do minério, esse corredor logístico deve interligar os pólos produtores localizados nas regiões do Seridó e Central Potiguar, ao novo porto no litoral Norte.

Estudo

Para isso, o diretor-presidente da Codern, Pedro Terceiro  de Melo, coloca como prioridade ter um bom estudo que comprove a viabilidade econômica e técnica de um projeto integrado. “É isso que pretendemos fazer em parceria com a Fiern, que está capitaneando esta articulação”, analisa.

A Federação das Indústrias, explica o presidente da entidade, Amaro Sales, está buscando parcerias junto ao poder público e iniciativa privada para elaboração de estudos e projeto. “Precisamos do respaldo técnico. Não vamos trabalhar com achismos”, diz em referência ao projeto de ampliação do cais do Porto de Natal para a margem esquerda do Rio Potengi. Sales enfatiza a necessidade de se identificar as demandas para exportação. “Inicialmente temos a mineração, mas poderemos atender outros setores”, afirma.






RN SUSTENTÁVEL: Reunião aprova lei de Conselhos Municipais



Em reunião com as lideranças dos 10 territórios de abrangência do RN Sustentável, ontem no auditório da Secretaria do Planejamento e das Finanças SEPLAN, foi discutida a minuta da Lei que vai reger a organização dos Conselhos Municipais. A minuta agora será levada para discussão e aprovação nos municípios.

Também foi aprovada na reunião, coordenada pela Unidade de Gerenciamento de Projetos (UGP), responsável pela administração executiva do RN Sustentável, o mínimo de 09 e o máximo de 15 integrantes de cada Conselho Municipal. Foi definido, ainda, que cada conselho vai se chamar Conselho Municipal de Desenvolvimento Integrado e Solidário.

Na abertura da reunião, a coordenadora do Projeto RN Sustentável, Ana Cristina Guedes, destacou a importância do RN Sustentável e o volume de recursos destinados a agricultura familiar e economia solidária, metas do Governo atual, em comparação a projetos de financiamentos anteriores. “O projeto vai viabilizar assistência técnica permanente e capacitação, além de identificar potencialidades para direcionamento de investimentos”, exemplificou. “Tudo isso na lógica da agricultura familiar”, complementou.

Depois de formados, os Conselhos Municipais vão avaliar a relevância do investimento para o município, além da transparência e elegibilidade dos projetos e da idoneidade dos proponentes. Por isso, os conselhos são tidos como “porta de entrada” no RN Sustentável. O acordo entre o Estado e o Banco Mundial prevê a liberação de US$ 360 milhões nos primeiros cinco anos e US$ 180 milhões nos últimos dois dos sete anos previstos para duração do Projeto.

NEY MATOGROSSO EM NATAL - RN: Show no Teatro Riachuelo: "Atento Aos Sinais"



28 de maio de 2013, terça 21h - FORMATO PLATEIA - Abertura das portas: 20h
Duração: aproximadamente 90 min. - Classificação: 14 anos*

Ney Matogrosso, um dos maiores intérpretes da música brasileira, estreia em São Paulo a turnê do espetáculo “Atento aos Sinais”, que marca seus 40 anos de carreira artística.

O show terá uma roupagem pop, com a interpretação singular de Ney Matogrosso para compositores novos e consagrados, como Paulinho da Viola, Caetano Veloso, Itamar Assumpção, Criolo e Vitor Ramil, entre outros. Mesclando canções clássicas e contemporâneas em uma criteriosa seleção, o repertório inclui músicas como “Vida Louca” (Lobão), “Roendo as Unhas” (Paulinho da Viola), “Fico Louco” (Itamar Assumpção), e “Oração” (Dani Black), música que inspirou o título da turnê. 

O novo show tem sonoridade pop/rock, figurino exuberante e cenário moderno. Com direção musical de Sacha Amback “Atento aos Sinais” contará com cenário criado por Luis Stein e Milton Cunha. Ocimar Versolato (parceiro de Ney desde 1994) assinará mais uma vez o figurino junto Milton Cunha e Marta Reis. No palco, Ney Matogrosso estará acompanhado de Sacha Amback (direção musical e teclado), Marcos Suzano e Felipe Roseno (percussão), Dunga (baixo), Mauricio Almeida e Mauricio Negão (guitarra), Aquiles Moraes (trompete) e Everson Moraes (trombone).

Artista referencial da cultura brasileira, Ney Matogrosso tem mais de 30 discos gravados e se impôs como intérprete de palco por excelência, graças a sua interpretação marcante, capacidade de reinvenção e voz única. Ney é um artista inclassificável (título de um dos seus trabalhos recentes), que mantém durante seus 40 anos de carreira a versatilidade como principal característica.

Todos os shows da turnê serão neutros em carbono, ou seja, o carbono emitido em cada espetáculo será compensado, anulando o impacto no meio ambiente.

Informações: Marcelo Tavera


Ipem terá nova sede em Mossoró - RN




O secretário do Desenvolvimento Urbano, Alexandre Lopes, e o subsecretário do Desenvolvimento Territorial, Jailson Moreira, receberam na última quarta- feira (24) o coordenador geral do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Omer Pohimann, e o diretor geral do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem), Carlson Correia.

Na oportunidade, foi discutida a instalação de uma nova sede administrativa e técnica do IPEM em Mossoró. O secretário Alexandre Lopes explica que a nova sede abrigará um centro de metrologia para atuar no setor de transporte, com verificação volumétrica, de tacógrafo e taxímetro, por exemplo.

Outra importante mudança com a nova sede do Ipem será que os caminhões, sobretudo os que fazem transporte para Petrobrás, que antes realizavam vistoria em Recife (PE), terão acesso ao serviço nos laboratórios e posto de verificação do IPEM em Mossoró.

A previsão é que no próximo mês de julho sejam iniciadas as obras para instalação da nova sede do instituto.

Com informações da assessoria da PMM.

Primeira Açoitada na Toca do Vaqueiro em Mossoró - RN



Exploração predatória ameaça caatinga, lar do tatu-bola, mascote da Copa!





Único bioma exclusivamente brasileiro, a caatinga vê sua riqueza ambiental dilapidada pelo uso predatório dos recursos naturais, que ameaça espécies como o tatu-bola, a mascote da Copa do Mundo de 2014. O alerta foi feito por um especialista que há 15 anos estuda este ecossistema, às vésperas do Dia Nacional da Caatinga, comemorado neste domingo.

"A caatinga é o patinho feio dos biomas brasileiros. É o menos conhecido e recebe menor investimento público. Isto se deve à visão de que é um ecossistema pobre, quando, na verdade, é diverso e tem muitas espécies endêmicas" (que só existem lá), explicou à AFP o engenheiro-agrônomo e doutor em Ecologia Marcelo Tabarelli, professor da Universidade Federal de Pernambuco.

Segundo dados oficiais, a caatinga se estende por 9 estados do nordeste brasileiro (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Sergipe) até o norte de Minas Gerais (sudeste). Ocupa 844.453 quilômetros quadrados, área superior aos territórios de França, Reino Unido e Suíça somados.

O bioma abriga 932 espécies de plantas, 178 de mamíferos, 591 de aves, 177 de répteis, 79 de anfíbios e 241 de peixes. Segundo Tabarelli, algumas espécies foram extintas, como a ararinha-azul ('Cyanopsitta spixii'), e outras estão ameaçadas, como o tatu-bola ('Tolypeutes tricinctos').

Na região vivem 27 milhões de pessoas e a grande maioria sobrevive de agropecuária de subsistência. Feijão e milho são os principais cultivos e na criação de animais predomina o rebanho caprino. Uso inadequado do solo, consumo de lenha nativa em residências e indústrias e desmatamento para dar lugar à agropecuária são as principais agressões à caatinga.

Consequentemente, 46% do bioma foram desmatados, segundo o Ministério do Meio Ambiente. "Falta planejamento no uso dos recursos naturais da caatinga. A população depende deles, mas sem uso planejado, observa-se a repetição do círculo degradação do solo/pobreza", relatou Tabarelli, consultor do Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

Tabarelli criticou a falta de investimentos em pesquisas e de unidades de conservação integral na caatinga, que apesar de importantes para preservá-la, protegem apenas 1% do bioma. "As ações (oficiais) têm sido pontuais, falta uma política de desenvolvimento sustentável", lamentou.

Para ele, são prioridades da região criar novas unidades de conservação, promover o ecoturismo e melhorar as atividades produtivas, com agropecuária sustentável substituindo o extrativismo (exploração do solo sem reposição dos nutrientes). No Dia Nacional da Caatinga, celebrado este domingo, Tabarelli acredita ser possível salvar o bioma.

"Já se sabe como produzir de forma sustentável na caatinga, mas esta informação precisa chegar ao produtor. É preciso investir em educação, em transferência tecnológica. O problema não é o gargalo tecnológico, mas a vontade política", concluiu.

Márcio Melo via Uol

Brasil vai aproveitar Copa para promover festa junina entre turistas!



Período de festa popular coincidirá com datas do evento esportivo. Embratur quer que estrangeiros visitem cidades que têm essa tradição. O Brasil aproveitará a Copa do Mundo de 2014 para promover as "festas juninas", praticamente desconhecidas no exterior. 

A ideia é que a coincidência das datas da Copa, que será disputada entre 12 de junho e 13 de julho, e das principais festas juninas, que começam em 7 de junho e vão até 7 de julho, sirva para que os estrangeiros que venha ver o futebol possa conhecer também essa tradição. "Queremos que o Brasil também seja conhecido como o país do 'arraiá'", afirmou o presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Flavio Dino. 

A Embratur fará uma campanha promocional para que os turistas cheguem ao Brasil com pacotes que incluam, entre uma partida e outra, a ida a uma das cidades que organizam as festas juninas mais populares do país. 

A Embratur pretende reunir as autoridades das cidades que organizam as maiores festas juninas para preparar o material das campanhas promocionais que serão feitas no exterior. Para a reunião foram convidados representantes dos nove estados do Nordeste, assim como de Tocantins, Roraima e Amazonas que têm festa juninas "fortemente ligadas à cultura popular". 

Campina Grande, na Paraíba, disputa com Caruaru, em Pernambuco, o título de cidade organizadora da maior festa junina do Brasil. A festa em Campina Grande é realizada em um imenso parque temático construído especialmente para o evento e atrai mais de um milhão de pessoas em 30 dias de atrações, incluindo cantores populares e grupos musicais. As festas de Caruaru reúnem a cada ano cerca de 1,5 milhão de pessoas.

Fonte: Facebook Mossoró

Prefeita de Mossoró - RN anuncia consorcio para gerar 400 empregos diretos!



A prefeita Claudia Regina, do DEM, anunciou o consórcio com as empresas prestadoras de serviço a Petrobras para uma sociedade a fim de implantar uma indústria de construção de torres e pás de usinas eólicas em Mossoró. Previsão de gerar 400 empregos diretos.

O anuncio foi feito durante coletiva ao meio dia desta sexta-feira (19) no Salão dos Grandes Atos do Palácio da Resistência. Na ocasião, a prefeita fez um resumo de sua agenda administrativa em Brasília (DF) e na reunião com a presidente da Petrobras Graça Foster, no Rio de Janeiro (RJ).

De acordo com Claudia Regina, o processo de implantação da indústria de material eólico em Mossoró esta em fase de formatação. “Temos um potencial imenso que pode ser explorado como a questão das energias limpas como, por exemplo, a energia eólica”, destaca Claudia Regina.

Além do Rio Grande do Norte existem parques eólicos em estados vizinhos como no Ceará e a Paraíba e a única indústria de produção das torres e pás para usinas eólica esta localizada no estado da Bahia.

A proposta da prefeita Claudia Regina é juntar as 142 empresas que prestam serviços a Petrobras congregadas a Rede Petro que já possuem um aparato técnico de equipamentos nesse sentido e formar uma sociedade para a construção de torres e pás eólicas, tomando por base as empresas que já prestam serviço a Petrobras e os empresários que já atuam em Mossoró. Inicialmente o processo de implantação irá garantir 400 empregos diretos.

A prefeita destacou ainda que esta também em processo de formatação uma parceria com um grupo Italiano para a implantação de um parque de produção de energia solar em Mossoró.

INFORMAÇÕES: Cézar Alves

Turistas que virão neste ano ao Brasil podem trazer doenças características de seus países!



Além das diferentes culturas, os turistas que virão neste ano ao Brasil para a Copa das Confederações e para o Mundial de 2014 vão trazer também doenças características de seus países. O Ambulatório do Viajante, mantido pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), realiza estudos dos vírus e das bactérias que podem circular nessas temporadas.

“Esses eventos de massa trazem doenças infecciosas, que vão desde as transmissíveis pelas vias respiratórias até as sexualmente transmissíveis (DSTs)”, disse a coordenadora do ambulatório e professora da Faculdade de Ciências Médicas da UFMG, Marise Oliveira Fonseca. Há ainda, segundo ela, o risco de reaparecimento de doenças que estavam controladas em Minas como, por exemplo, o sarampo e a tuberculose.

Conforme a professora, quem desembarcar de países como a Arábia Saudita ou do continente africano pode trazer a poliomielite. Ainda da África, existe o risco da cólera e da tuberculose. Da Europa, podem vir o sarampo e a rubéola, sendo que essa última também é comum na Ásia.

Baseado nos estudos, que começaram no ano passado, o ambulatório irá produzir um material informativo para orientar moradores da capital e turistas quanto às condutas preventivas que devem ser adotadas e os sintomas das doenças típicas de cada continente, que podem ser disseminadas durante os eventos. De acordo com Marise, esse trabalho será feito com o Ministério da Saúde, que não esclareceu de que forma os brasileiros e os estrangeiros serão orientados.

Alerta
Os dois eventos esportivos irão ocorrer nos meses de junho e julho, época de inverno e período em que as doenças mais comuns são as respiratórias. “Teremos que tomar cuidado com as gripes, principalmente, pois têm vários tipos de vírus em diferentes países. Há também a possibilidade de reintrodução da influenza A H1N1, conhecida como gripe suína”, disse a diretora da Sociedade Mineira de Infectologia, Lucineia Carvalhais.

Ela informou que o risco de contaminação nos estádios será pequeno, já que esses locais são abertos, mas os turistas também frequentarão locais como bares e casas noturnas. Por isso, os mineiros e os visitantes devem evitar lugares fechados com grande aglomeração de pessoas e lavar bem as mãos.

Ainda de acordo com Lucineia, o Estado é falho em atendimentos a doenças respiratórias. “Nessa época, os hospitais ficam muito cheios, e a capacidade de atendimento já é pequena”, ponderou. A coordenadora do Centro de Informação Estratégica de Vigilância e Saúde (Cievs) da Secretaria de Estado de Saúde, Tânia Marcial, garantiu que os hospitais terão capacidade para atender a todos os turistas. Segundo ela, durante as Copas, o número de trabalhadores em saúde pode aumentar.

A dengue é uma situação que preocupa em função da epidemia que o Estado vive. Porém, Tânia afirmou que, até o início da Copa das Confederações, em junho, a situação já estará controlada e não oferecerá risco aos turistas.

Fonte: O Tempo

Turismo do Nordeste investe em rotas integradas!



Três destinações turísticas (Jericoacoara, Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses, respectivamente), o Nordeste ganha novo roteiro integrado a partir de julho.

Trata-se da Rota 101 Nordeste, que será lançada oficialmente no Salão de Turismo Rota 101 Nordeste, cuja primeira edição se realizará no Centro de Convenções de Natal, de 4 a 6 de julho deste ano. O evento, que será itinerante, envolve os quatros estados beneficiados pela duplicação da rodovia BR-101 no Nordeste: Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

Segundo o secretário de Turismo do RN, Renato Fernandes, anfitrião do primeiro evento, o Ministério do Turismo é parceiro do Salão, já que enxerga no modelo de integração regional uma ação que trará reflexos imediatos na economia e na própria regionalização, a partir do aproveitamento, também, da produção associada ao Turismo.



sábado, 20 de abril de 2013

RN: Confira novos resultados pluviométricos na região!





Alexandria = 45 mm

Antônio Martins = 76 mm
Apodi = 180mm
Coronel João Pessoa = 27 mm
Dr. Severiano = 18 mm
Francisco Dantas = 100 mm
Itaú = 200 mm
João Dias = 81 mm
Paraná = 15 mm
Patu = 86 mm
Pau dos Ferros = 70 mm
Portalegre = 110 mm
Riacho da Cruz= 165 mm 
Riacho de Santana = 23 mm
São Francisco do Oeste = 70 mm
São Miguel = 16 mm
Severiano Melo = 140mm
Taboleiro Grande = 108 mm
Viçosa = 115 mm

E em Mossoró que foram 15 horas de chuva? 

Vem aí o 1º Encontro de Paredões em Olho D'água do Borges - RN



No próximo dia 27/04 (sábado), acontecerá na cidade de Olho D'água do Borges, a partir das 12:00 hs, no Balneário do Benedito da Churrascaria (entrada de ODB, pra quem vem de Umarizal), o primeiro encontro de paredões e promete ser sucesso!!!

Muita mulher bonita, cerveja gelada, tira-gostos e muita azaração. O evento é uma realização da Cia. Junina Juventude Nordestina, para arrecadar fundos para o grupo junino. Neste dia 27/04 (sábado), você já tem encontro marcado!!! Vai ser estouro!!! É a partir do meio dia!

Mais informações: (84) 9819-6242 ou 98190370


MEC libera 108 vagas para vários cargos na Ufersa!



Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na edição desta quinta-feira (18) a Portaria do Ministério da Educação e Cultura com a liberação de vagas para servidores técnico-administrativos das instituições federais de ensino.

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) em Mossoró foi contemplada com 108 vagas.

Do total de vagas, 49 são para Assistente em Administração; 15 para Técnico de Laboratório; Diagramador, Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Mecânica, Técnico em Radiologia, Técnico de Tecnologia da Informação, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Contabilidade, Técnico em Audiovisual (01 vaga em cada categoria); Administrador, 7 vagas; Assistente Social, 3 vagas, Bibliotecário-Documentalista, 5 vagas; Pedagogo, 01 vaga; Psicólogo, 4 vagas; Secretário Executivo, 7 vagas, Analista de Tecnologia da Informação, 1 vaga; Jornalista, 1 vaga; Tradutor e Intérprete de Linguagem Sinais, 4 vagas; Arquivista, 2 vagas e, Técnico Desportivo, 1 vaga.

Confira AQUI o DOU.


Fortaleza dos Reis Magos terá R$ 8 mil para reforma, diz Governo do RN



A ministra da Cultura, Marta Suplicy, liberou R$ 8 milhões para a reforma da Fortaleza dos Reis Magos, um dos principais cartões postais de Natal. O anuncio foi feito pelo Governo do Rio Grande do Norte na tarde desta quarta-feira (17). Segundo a governadora Rosalba Ciarlini, os recursos devem chegar até o mês de junho e são provenientes do PAC das Cidades Históricas - que visa restaurar museus e monumentos para a Copa do Mundo de 2014.

A governadora Rosalba Ciarlini disse também por meio da assessoria de imprensa, que a garantia da verba foi dada durante audiência realizada em Brasília na tarde desta quarta. Ainda segundo ela, ficou definido que a administração da fortaleza ficará a cargo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), presidido por Jurema Machado.

Nos próximos dias, a presidente do Iphan visitará Natal para verificar as dependências da Fortaleza dos Reis Magos e discutir o projeto da reforma.

A fortaleza

Contrastando com as belezas naturais, a Fortaleza dos Reis Magos é um dos mais visitados pontos turísticos de Natal. A edificação conta um pouco da história da capital e de todo o estado do Rio Grande do Norte. Construído para proteger Natal ainda na época de sua colonização, a fortificação fica na praia do Forte, zona Leste da cidade. Hoje, a fortaleza abriga um museu. A construção, que demorou 30 anos, foi concluída em 6 de janeiro de 1598, dia de Reis. A data é feriado municipal em Natal. E foi erguida sobre os arrecifes para garantir que o embasamento fosse sólido. Foram utilizados principalmente areia, óleo de baleia, bronze e grandes pedras de granito trazidos de Portugal.


sexta-feira, 19 de abril de 2013

ARRAIÁ DO ARROCHA EM PAU DOS FERROS - RN



Erasmo Carlos traz show inédito para o Teatro Riachuelo dia 30 de abril!



O Teatro Riachuelo recebe no próximo dia 30, véspera de feriado, a partir das 21h, o show inédito de Erasmo Carlos. A abertura ficará por conta da banda potiguar Mobydick. 

Doce, divertido, apaixonante, sem pudor, terno, corajoso, genial, criativo. O Tremendão Erasmo Carlos está comemorando 50 anos de estrada da maneira como mais gosta: rodando o país com seu novo show Sexo & Rock´N´Roll. 

O show faz um passeio por todas as fases da carreira de Erasmo, com sucessos como “Sentado à Beira do Caminho” (Erasmo Carlos/Roberto Carlos), “Minha Fama de Mau” (Erasmo Carlos/Roberto Carlos), “Mulher” (Erasmo Carlos/Narinha), conhecidos como clássicos pelo seu grande público.


II Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável!



Prefeitos do RN se interessam pela qualidade de vida nos municípios! Grande parte dos inscritos para o II Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável - que acontecerá em Brasília de 23 a 25 de abril - estarão presentes na Arena ‘O que são cidades sustentáveis?’.


Programado para a tarde do dia 25, o debate vai girar em torno de experiências de sucesso vivenciadas por algumas administrações municipais que estão trabalhando para assegurar a qualidade de vida em suas cidades.

Para garantir um debate rico em conteúdo e informação, a Frente Nacional de Prefeitos convidou, para o time de palestrantes, o jornalista e escritor André Trigueiro. “Existem soluções sustentáveis que melhoram a qualidade de vida da população e que não implicam, necessariamente, em despesas onerosas”. 


Trigueiro é autor de vários livros com a temática socioambiental e já recebeu inúmeros prêmios por seu trabalho. Atualmente, atua como repórter do Jornal Nacional e colunista do Jornal da Globo. É editor-chefe do programa Cidades e Soluções, da Globo News, comentarista da Rádio CBN e colaborador da Rádio Rio de Janeiro.


“Jornalista é testemunha da história. Eu vejo onde as coisas acontecem, de que jeito. E se funcionam, porque não replicar as experiências que dão certo?”, enfatiza Trigueiro, que irá compartilhar com gestores municipais as experiências que teve a chance de acompanhar de perto. Na entrevista abaixo, ele dá uma prévia do que vai compartilhar com público durante o II EMDS. “A política é nobre quando prioriza a melhoria da vida das pessoas”, declara.



Festa no ARENA em Rodolfo Fernandes - RN



Pau de Arara Eletrônico 2013 / Mossoró - RN



Pau de Arara Eletrônico 2013, esse ano serão "DOIS" Pau de Arara Eletrônico percorrendo as ruas da cidade, com o melhor do Forró Pé de Serra, Forró das Antigas, Brega e muito mais.


Conheça um pouco da história da sensação durante o Mossoró Cidade Junina:

O Pau-de-Arara Eletrônico foi idealizado pelo empresário Lenilton Junior no ano de 2007. O projeto faz parte das atrações culturais do Mossoró Cidade Junina. Tornando-se um diferencial e uma das principais atrações dentro do evento. Tendo destaque nacional em várias TVs do país, por ser o único no seguimento oficialmente comprovado. Possui projeto patenteado e registrado nos órgãos competentes. Tem como característica básica o resgate a cultura nordestina, por ter sido o principal meio de transporte do povo, vindo do sertão para as grandes cidades.

A decoração do Pau-de-Arara é voltada para as festividades juninas, com bandeiras, adereços e utensílios utilizados na cultura nordestina. Possui um potente equipamento de som, com iluminação utilizada nas boates, além de um completo serviço de bar.

Durante a viagem cultural, os passageiros sentem-se à vontade curtindo os ritmos que deram início a cultura musical nordestina, entre eles: Forró Pé de Serra, Brega, Música Romântica e muito mais, tudo isso sendo executado por um DJ Profissional, e passando pelos principais pontos turísticos e culturais da cidade de Mossoró.


Fonte: Via Facebook Mossoró

Deputado diz que seca no Nordeste é “castigo de Deus”



Centro de mais uma polêmica, o deputado e pastor Isidório de Santana (PSB-BA) é acusado por integrantes do seu próprio partido de retrógrado e reacionário por suas posições contra o movimento homossexual. O motivo é simples: Isidório declarou que o avanço dos homossexuais estaria deixando Deus irritado e o resultado da “afronta” seriam castigos divinos como a seca do Nordeste, as enchentes do Sudeste, os atentados em Boston e as ameaças da Coreia do Norte.

O deputado, autointitulado “ex-gay”, em entrevista ao site soteropolitano A Tarde, culpou as recentes declarações do presidente americano Barack Obama, que saiu em defesa do casamento entre pessoas do mesmo sexo, pelo atentado terrorista cometido durante uma maratona realizada na cidade de Boston. “A bíblia fala que, se nos últimos tempos se multiplicasse a iniquidade, aconteceria esses fenômenos. Foi só Barack Obama começar a falar em casamento gay que o bicho começou a pegar, atentado em Boston, ameaça de Coreia do Norte”, analisa o pastor.

Questionado sobre as causas da estiagem na região Nordeste, considerada a pior dos últimos 50 anos, o parlamentar garantiu que o fenômeno nada mais é do que um “castigo de Deus”. “A seca vai ampliar e não tem governo, não tem política nem partido que dê jeito. Pois estão bulindo com um camarada chamado Deus, que, lá atrás, cegou os primeiros homossexuais e tampou-lhes fogo. [...] Vá lá viadagem, se bote contra Deus”, disse Isidório.

Reprodução Cidade News Itaú

Fotógrafo potiguar Canindé Soares vence o Prêmio Abril de Jornalismo!



O Repórter Fotográfico Canindé Soares vence Prêmio Abril de Jornalismo. O prêmio foi anunciado na última segunda-feira, em São Paulo. O contexto da reportagem com a fotografia foi publicada na revista Nova Escola, em janeiro de 2012.

O fotógrafo Canindé Soares concorreu, com outras 23 pessoas, ao prêmio na categoria “Matéria Completa” (Educação) com a reportagem “Inove e Faça Como Eles”, publicada em janeiro de 2012 e que mostra dez ideias desenvolvidas por professores para trabalhar em sala de aula da pré-escola ao 9º ano.

O Prêmio Abril de Jornalismo é um dos eventos mais importante da Editora Abril, elege todos os anos, desde 1977, o que de melhor é publicado em texto, arte, foto e online nas revistas e sites da Abril. Foi criado para reconhecer e valorizar o talento dos profissionais que atuam em todos os títulos da empresa.

“Este prêmio é a realização de um sonho, é grandioso essa oferenda, é o Oscar Brasileiro do Jornalismo. Esta não uma vitória isolada do fotógrafo Canindé Soares, e sim dos amigos potiguares que curtem e acompanham o trabalho que faço a mais de 30 anos, mostrando as belezas de Natal e do Rio Grande do Norte. A repercussão que este prêmio me traz é bem maior do que o valor dele próprio”,ressaltou o fotógrafo Canindé Soares. 

Foto: Elias Medeiros

BANCOS ACELERA NEGOCIAÇÃO DO RN SUSTENTÁVEL



O Banco Mundial encaminhou ontem convite ao Estado do Rio Grande do Norte para negociação do contrato de empréstimo de US$ 360 milhões, referentes à primeira etapa do Projeto RN Sustentável. Em reunião realizada na semana passada, na sede do Banco em Brasília, a governadora Rosalba Ciarlini convidou a diretora no Brasil, Deborah Wetzel, para participar do lançamento oficial do Projeto, em Natal.

Agora, o Estado aguarda apenas os trâmites legais do projeto junto ao Governo Federal e o referendo do Senado, para a efetiva assinatura do empréstimo e a consequente liberação dos primeiros recursos.

O RN Sustentável prevê a liberação de recursos em duas etapas: a primeira, com a negociação encaminhada ontem, será de US$ 360 milhões no período de cinco anos; já a segunda, vai liberar mais US$ 180 milhões nos dois últimos dos sete anos, como sugere o projeto de duração do contrato de empréstimo.

Os investimentos previstos no RN Sustentável serão aplicados para incentivar projetos sustentáveis de inclusão produtiva - em sintonia com o programa do Governo Federal de erradicar a miséria -, na melhoria dos serviços de educação, saúde, segurança e de modernização do processo de gestão pública.

Na visita à diretora do Banco Mundial, a governadora agradeceu o apoio recebido pela equipe de especialistas do Banco, durante o período de preparação do projeto. Agradeceu, ainda, a doação de US$ 700 mil para fortalecimento institucional da Secretaria de Saúde e mais US$ 100 mil para aplicação em estudo estratégico para Governança de algumas APLs (Arranjos Produtivos Locais) do Estado. E, finalmente, a inclusão do Projeto RN Sustentável no rol de projetos acompanhados pelo DIME (Iniciativa de Avaliação de Impacto).

O Projeto RN Sustentável vai gerar, à medida que os recursos sejam gradativamente aplicados, impactos de ordem econômica, social, humana e institucional. Estas mudanças serão medidas e acompanhadas sistematicamente, de forma a verificar a eficiência das ações. Isto possibilitará aos responsáveis pelos projetos correções de rumo em tempo hábil. Ou seja, haverá um acompanhamento contínuo e apoio a governança no período de execução das obras.

O RN Sustentável será coordenado pelo secretário da Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (SEPLAN), Obery Rodrigues Júnior. A Seplan será o elo formal entre o Estado e o Banco Mundial, responsável pelos desembolsos dos recursos do projeto. A execução operacional dos componentes previstos no projeto será de responsabilidade dos órgãos e entidades da administração direta e indireta.